Sasazaki é a 1ª indústria de esquadrias do Brasil a certificar seus produtos com empresa auditora acreditada pelo INMETRO. Certificação atesta qualidade, durabilidade e segurança dos produtos da marca

A Sasazaki é a primeira indústria do setor de esquadrias do Brasil a atender ao Programa de Certificação de Esquadrias para Edificações. O Sistema de Gestão da Qualidade e os produtos da marca foram avaliados e certificados por uma empresa certificadora acreditada pelo INMETRO – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia.

A certificação obtida pela Sasazaki confirma que os processos de fabricação e os produtos da marca estão em conformidade técnica de acordo com as resoluções da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT NBR 10821 (avaliação, desempenho e classificação de esquadrias para edificações) e ABNT NBR 15575 (desempenho das edificações habitacionais) -, Regulamentos desenvolvidos pelo INMETRO e Código de Defesa do Consumidor.

“O Programa traz mais segurança para quem compra e quem vende, pois portas e janelas certificadas evitam acidentes, problemas como infiltrações, deformações e manutenções e têm maior durabilidade,” comenta Leonardo Sasazaki, presidente do conselho da indústria. “Os fabricantes interessados em obter a certificação terão de comprovar que desenvolvem e produzem esquadrias dentro dos requisitos normativos, garantindo a repetibilidade na produção. Portanto, os produtos que o consumidor comprar devem ser idênticos aos que ele viu na loja. Essa iniciativa eleva o padrão de qualidade e faz com que a oferta ao mercado se torne mais justa”, completa.

Iniciativa visa reduzir acidentes

O Programa de Certificação de Esquadrias para Edificações foi implantado em 2017 pela ABRAEsP – Associação Brasileira das Indústrias de Portas e Janelas Padronizadas – e ABIE – Associação Brasileira de Indústrias de Esquadrias –, com apoio do SIAMFESP – Sindicato Indústria Artefatos de Metais Não Ferrosos de São Paulo – e tem o objetivo de promover a organização setorial por meio da qualidade e combater a não conformidade existente no mercado.

“Quem pensa que portas ou janelas são todas iguais e que só muda o preço, está enganado. Um produto malfeito pode ocasionar até acidentes”, alerta André Luis de Freitas, presidente executivo da ABRAEsP. A entidade apurou que, nos últimos dois anos, houve um aumento do número de acidentes provocados por esquadrias. “Os casos poderiam ter sido evitados se os produtos estivessem adequados às normas”.

Para as indústrias, o principal desafio do Programa é o desenvolvimento de esquadrias que atendam aos requisitos normativos e o estabelecimento de processos que garantam a repetibilidade de produtos na produção. A fábrica e os produtos da Sasazaki foram os primeiros a serem submetidos à auditoria feita pelo IBELQ – Instituto Beltrame da Qualidade, Pesquisa e Certificação -, Organismo Certificador de Produtos (OCP) acreditado pelo INMETRO e com acompanhamento do Órgão. A partir de novembro, de forma gradativa, os produtos receberão o Selo de Identificação da Certificação.

“A certificação demonstra a credibilidade da indústria e atesta a qualidade, durabilidade, confiabilidade, desempenho e segurança dos produtos, em respeito ao lojista que comercializa os produtos e, principalmente, ao consumidor”, opina Francisco Carlos Verza CEO (Chief Executive Officer) da Sasazaki. “A empresa tem tradição em ser pioneira e sempre acreditou na importância de se combater os produtos não conformes. Obter o selo por meio de um organismo acreditado pelo INMETRO vale o nosso esforço e investimento”.

O próximo passo do Programa é orientar o consumidor a comprar somente produtos com Selo de Identificação da Conformidade. “O selo facilitará a identificação do fabricante e do produto que está certificado e que, portanto, atende aos critérios de qualidade e segurança”, informa Freitas.

Um produto certificado:

  1. não entra água;
  2. não entra ar;
  3. abre e fecha pelo menos 10 mil vezes;
  4. é resistente;
  5. tem maior vida útil;
  6. é mais seguro;
  7. tem manutenibilidade como característica;
  8. tem um fabricante responsável pelo produto;
  9. melhora as condições de habitabilidade;
  10. não causa acidentes.